Criado cabide de emprego para atender apaniguado do Secretário de Segurança

Por Tribuna Popular Publicado em
Criado cabide de emprego para atender apaniguado do Secretário de Segurança

PODERÁ SER INVESTIGADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

Mais um caso grave na Guarda Municipal de Foz do Iguaçu a ser investigado pelo Ministério Público

Na edição nº 4.136 do Diário Oficial do Município de Foz do Iguaçu, publicada em 27 de abril de 2021, na página 12, nos deparamos com uma portaria que expõe uma das mazelas da atual gestão do prefeito Chico Brasileiro. O uso de dinheiro público para atender apaniguados e parceiros políticos.

Desta vez, criaram um cabide de emprego para atender um apaniguado do Secretário de Segurança Pública do Município, Reginaldo José da Silva. A manobra foi feita na surdina para atender pedido direto do próprio secretário. O prefeito sequer foi alertado sobre a função que nunca existiu na Guarda Municipal. Reginaldo enviou memorando interno ao gabinete pedindo a nomeação do seu protegido.

Enir Salvador Nicolay é subinspetor na GM e ocupava a Diretoria de Logística da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Diante de uma série de situações, ficou insustentável a permanência dele no cargo. Apesar de Enir e Reginaldo relutarem, o prefeito Chico Brasileiro não tinha como segurar Enir que acabou exonerado.

Desde então, o subinspetor passou a pressionar o secretário Reginaldo que precisou então fazer a manobra para acomodar Enir. Para atender aos interesses do aliado, Reginaldo insistiu até que saiu a publicação criando oficialmente o cabide de emprego.

Favorecimento ao aliado

Na portaria assinada pelo prefeito e pelo secretário de administração Niton Bobato, consta: Portaria nº 71.848. "O Prefeito Municipal de Foz do Iguaçu, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela alínea "a", inciso II, art. 86 da Lei Orgânica do Município, na forma do disposto no art. 125, da Lei Complementar nº 17, de 30 de agosto de 1993 e alterações, em consonância com o Decreto nº 26.544, de 18 de julho de 2018 e alterações, com o contido no inciso IV, do art. 8º da Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020 e, ainda, em atendimento ao Memorando Interno nº 7588/2021, de 9 de abril de 2021, da Secretaria Municipal de Segurança Pública.

Resolve: Art. 1º - Designar o servidor ENIR SALVADOR NICOLAY, matrícula nº 13821.01, ocupante do cargo de provimento efetivo de Subsinpetor, para exercer a atividade de "Suporte Técnico/Administrativo em atividades específicas adicionais ao cargo - Porte I, junto à Diretoria da Guarda Municipal - DGM".

Salário acrescido de gratificação

Com a nomeação, o subinspetor, além do salário normal, passará a receber gratificação por função. Está na portaria: "Artigo 2º: Atribuir ao servidor gratificação por Encargos Especiais - EE - nos termos do disposto no item 22 do Anexo II do Decreto nº 26.544/2018 e alterações", estabelece a portaria.

Cargo que nunca existiu

Segundo fontes, este cargo "Suporte Técnico/Administrativo em atividades específicas adicionais ao cargo - Porte I, junto à Diretoria da Guarda Municipal - DGM" nunca existiu desde a sua criação no ano de 1994. Então, se passando 27 anos, agora por uma questão pessoal o cargo foi criado, gerando ainda mais o descontentamento junto ao servidores municipais.

Fonte: https://jtribunapopular.com.br/uploads/files/2021/05/jornal-tribuna-popular-edicao-301-pdf-1620073199.pdf

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br