Descoberta fraude em escalas de serviço da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu

Por Tribuna Popular Publicado em
Descoberta fraude em escalas de serviço da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu

IRREGULARIDADE ADMINISTRATIVA

Quem está cometendo a irregularidade administrativa: os servidores, o Secretário de Segurança ou o Diretor da Guarda Municipal?

Analisando a escala de serviço dos servidores e agentes de segurança pública de nosso município, notamos uma irregularidade preocupante e que o Ministério Público precisa apurar. Mesmo sendo de conhecimento da maior parte da população que repartições administrativas da Guarda Municipal só funcionam de segunda à sexta-feira, alguns servidores estão escalados para trabalhar aos sábados e folgar aos domingos e feriados.

A política administrativa do atual secretário de Segurança Pública, Reginaldo José da Silva, tem sido para atender aos interesses de alguns agentes amigos dele, em detrimento da eficiência do serviço de policiamento comunitário do município. Enquanto áreas inteiras ficam descobertas, guardas municipais estão sendo usados em desvio de função.

Estes servidores ocupam cargos administrativos em diferentes repartições, como o GAECO, Secretaria de Segurança, Gabinete de Gestão Integrada Municipal - GGIM, Delegacia da Mulher, Procuradoria Geral do Município - PGM, Corregedoria, Ouvidoria, Setor Administrativo do Trânsito, Secretária de Meio Ambiente, DVPL e outros setores.

Lesão aos Cofres Públicos

Questionado por um servidor sobre a situação, o Diretor da GM, Departamento da Guarda Municipal José Augusto Vicenzi alega que os servidores estão sobreaviso em casa - isso aos sábados e domingos. Como assim, se não há expediente administrativo nesses dias? Logo, estamos diante de uma fraude na escala de serviços.

Guardas municipais escalados em setores administrativos recebem salários sem trabalhar nos fins de semana como se fossem escalados para atendimento do policiamento comunitário. Estão lesando os cofres públicos e ainda se consolidando uma injustiça com os GMs que atuam nas rondas 24 Horas e óbvio com escalas nos fins de semana.

O que a população questiona e pede investigação do Ministério Público é o fato de os servidores estarem de sobreaviso se todo o setor administrativo não trabalha aos fins de semana? Não há expediente!

E isso, todo trabalhador sabe, quem não trabalha, não recebe. Então o que será que anda acontecendo com a segurança de Foz? Quem está cometendo essa fraude administrativa, os servidores, o Secretário ou o Diretor?

A Guarda Municipal vem servindo muito a alguns guardas municipais e seus interesses, deixando os interesses da população pagadora de impostos em último lugar.

Fonte: https://jtribunapopular.com.br/uploads/files/2021/05/jornal-tribuna-popular-edicao-301-pdf-1620073199.pdf

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br