Guarda Municipal sacrifica dois cachorros para salvar uma criança

Por Tribuna Popular Publicado em
Guarda Municipal sacrifica dois cachorros para salvar uma criança

Na noite desta terça-feira, 13 de abril de 2021, por volta das 20h:00, servidores da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu, equipe em serviço no patrulhamento comunitário pela Vila Borges, mais precisamente na Rua José Teles da Conceição, quando se depararam com três cães da raça pitbull, atacando um cachorro de menor porte, o matando.

Logo em seguida, os três cães pitbull seguiram pelo bairro e teria tentado atacar uma criança que passeava com um cãozinho de pequeno porte, onde o pequeno animal também foi atacado pelos animais ferozes.

Inicialmente os servidores municipais tentaram intervir com disparos de arma eletrochoque (arma não letal), porem sem sucesso, sendo que a garotinha estava pendurada em uma grade de um portão de aproximadamente dois metros, e um dos cachorros pitbull pulava tentando pegar a perna da garotinha.

Diante da eminência e para resguardar a integridade física da criança de aproximadamente nove anos de idade, fez se necessário o uso de arma letal, onde efetuaram disparos de arma de fogo nos cães ferozes.

Após os disparos, dois cães pitbull sacrificados e um terceiro que fugiu. Uma equipe da Vital esteve no local e encaminhou os cachorros mortos para o aterro sanitário. Protetores teriam encaminhado um cachorrinho estraçalhado pelo pitbul para uma unidade veterinária.

Nota do editor: E pensar que em uma das postagens nas redes sociais, vizinhos teriam alegado que os cães pitbull eram dóceis. No final das contas o que vale mais? A vida de uma criança ou de cachorros fora de controle.

Fotos: Oops Noticias Foz na Hora

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br