Nilton Bobato continua sendo o manda-chuva da Prefeitura de Foz

Por Tribuna Popular Publicado em
Nilton Bobato continua sendo o manda-chuva da Prefeitura de Foz

Prefeitura de Foz

Secretária de Administração controla cargos comissionados, nomeações, exonerações, licitações, contratos e até a Previdência dos servidores

Enrique Alliana / Jornalista

Mesmo sem conseguir o almejado cargo de vice-prefeito, Nilton Bobato continua mandando na Prefeitura com o estratégico cargo de secretário de Administração.

Há muitos anos Bobato comandou o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que abocanhava dezenas de cargos comissionados no primeiro mandato de Chico Brasileiro, agora Bobato esta no Partido MDB (antigo PMDB). Entre os cargos estavam postos chaves como a pasta da Saúde, com orçamento de R$ 300 milhões, a Fundação Cultural, que promovia as festanças de graça, como a Fartal e o Carnaval, a Assistência Social, com a distribuição de cestas básicas à famílias carentes, e as diretorias de Compras (bom dia Etelvina) e de Iluminação Pública (relembrar do Pablo, da Luz Oculta), isso sem falar nos cargos de menor importância.

Pão e circo

Comandando a cultura e a assistência social, os comunistas conseguiram reeditar a velha política do pão e circo (panes e circenses), inspirada nos antigos imperadores romanos. Política inaugurada pelo imperador Otávio Augusto, 27 anos antes de Cristo, e seguida por outros imperadores.

Para distrair a população dos problemas sociais, esses governantes sanguinários promoviam espetáculos violentos (lutas entre gladiadores, alimentar tigres com cristãos, corridas de brigas) e distribuíam pão e trigo.

O ditador da Rússia, Joseph Stalin, fez isso muito bem, mas com a dose extra de sadismo em seu DNA, ele também fuzilava ou mandava para a Sibéria quem não rezava sua cartilha, eliminando 40 milhões de pessoas.

Recentemente, Lula e Dilma reeditaram o panes e circenses distraindo o povo com Copa do Mundo, Olimpíadas e bolsas disso e daquilo, inclusive aos presidiários.

Manda-chuva

Mas vamos ao que interesse que é a política da nosso paróquia. Ao exigir a pasta da Administração, Bobato sabia que esse era um cargo estratégico. É por ali que passam todos os contratos, licitações, gestão de servidores e a Previdência, com seus milhões guardados no cofre. (Previdência, que nossa equipe está fazendo uma análise profunda sobre suas gastanças).

Passam pelas mãos do poderoso secretário e sua equipe toda a papelada e documentos eletrônicos da Prefeitura. Se um secretário soltar um "perfumado" no outro lado da cidade, Bobato fica sabendo porque seus informantes do partido são mais treinados que o pessoal da KGB (Serviço Secreto da antiga União Soviética).

Em apenas um mês de governo, secretários e dirigentes de autarquias já perceberam que precisam "comer na mão" secretário de Administração. Caso contrário as coisas não andam. E, assim, Bobato vai acumulando desafetos.

Fonte: https://jtribunapopular.com.br/uploads/files/tribuna-popular-edicao-294.pdf

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br