Relator da Comissão do Transporte aponta "serviço precário" do Consórcio Sorriso

Por Tribuna Popular Publicado em
Relator da Comissão do Transporte aponta

A comissão de Transportes, criada para encontrar uma solução para o grave problema do transporte coletivo, está elaborando um relatório especial em que condena o Consórcio Sorriso e acionou o Ministério Público do Trabalho contra o Sindicato dos Rodoviários.

"É notório que o transporte coletivo tem realizado um serviço precário no município de Foz do Iguaçu/PR desde a composição do Consórcio Sorriso. Após a saúde o transporte coletivo é o serviço público mais criticado no município", diz um trecho do relatório.

"Ocorre que, devido a algumas cláusulas no contrato vencido pelo Consórcio Sorriso o contrato de licitação tornou-se desvantajoso para o município, bem como para a população que vem recebendo um serviço precário e pagando caro por isso.", acrescenta.

Sobre a greve dos motoristas e cobradores, a comissão decidiu por uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho alegando que o movimento "não busca qualquer direito trabalhista, mas sim interesses obscuros".

O relatório provocou a ira do presidente dos Rodoviários porque as multas foram pesadas. Pouco tempo depois, os "lideres" do prefeito formam uma "comissão especial" e promoveram uma reunião pra lá de amistosa com Vitorassi.

Aos poucos, vai se desvendando o real interesse da tal "comissão especial" (que se diga nem formada oficialmente está) e que não tem nada a ver com mobilidade urbana.

Fonte: https://jtribunapopular.com.br/uploads/files/2021/06/jornal-tribuna-popular-edicao-305-pdf.pdf

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br