Soldado Fruet pede apoio de Damares para casa terapêutica feminina em Foz

Por Tribuna Popular Publicado em
Soldado Fruet pede apoio de Damares para casa terapêutica feminina em Foz

Em reunião remota com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, na manhã desta sexta-feira (24/09/2021), o deputado estadual Soldado Fruet (PROS) pediu apoio do Governo Federal para a construção de uma casa terapêutica feminina em Foz do Iguaçu. A videoconferência com a ministra foi um pedido do Soldado Fruet, viabilizada em parceria com o deputado federal Toninho Wandscheer (PROS), coordenador da bancada federal paranaense. A ministra gostou muito do projeto, orçado entre R$ 6 milhões e R$ 7 milhões, e disse que irá trabalhar na captação de recursos para que a obra saia do papel.

“Fui procurado pelo bispo dom Sérgio de Deus Borges, da Arquidiocese de Foz do Iguaçu, em busca de apoio para a obra da clínica de recuperação para mulheres, e ele me pediu essa agenda com a ministra”, explicou o Soldado Fruet, destacando que a Diocese de Foz do Iguaçu cuida de várias clínicas de reabilitação para homens, mas ainda não tem nenhuma para atender exclusivamente o público feminino. “Fiquei muito contente que a ministra se sensibilizou com o projeto e encampou a ideia, a ponto de já querer sua madrinha”, contou o deputado, que também convidou a ministra para conhecer a cidade e as clínicas terapêuticas.

Na conversa com o Soldado Fruet, o bispo Sérgio e representantes da Comunidade Terapêutica Sagrada Família, idealizadores do projeto, Damares afirmou que considera de suma importância a instalação dessa clínica na região da fronteira, pois irá beneficiar não só Foz do Iguaçu, mas todos os municípios da região. Ela explicou que não há disponibilidade orçamentária na sua pasta neste ano, mas assumiu o compromisso de trabalhar para captar recursos para viabilizar a obra em conversas com o diretor geral brasileiro da Itaipu, general João Francisco Ferreira, com o Ministério da Cidadania e através de emendas parlamentares da bancada federal. A equipe do deputado Toninho fará a interlocução da Arquidiocese com o Governo Federal.

PROJETO – A Comunidade Terapêutica Sagrada Família é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que há quase 20 anos atua no tratamento da dependência química em Foz do Iguaçu. O trabalho começou em 2002, quando alguns empresários compraram uma chácara e doaram à comunidade. Orientados pela Diocese, diretores voluntários lideram um grupo de assistentes sociais, psicólogos e educadores, pagos através de convênios com a Itaipu e a Prefeitura. Com capacidade para atender 52 homens, a instituição está no momento com 30 internos. Mas desde sua criação, já passaram pelo local mais de 300 homens, que saíram reabilitados. 

A ideia de construir uma unidade feminina, no mesmo terreno no Porto Belo, se deve à inexistência de uma clínica totalmente gratuita para esse público na região. O projeto é construir uma casa de 1.700 metros quadrados, para atender mulheres com seus filhos crianças e adolescentes, inclusive com uma creche, além de uma capela de 260 metros quadrados. Representaram a Comunidade na reunião com a ministra o presidente José Hortolan, o diretor de eventos Emerson Raupp e o voluntário Ivo Antônio dos Santos.

Fonte e Foto: Assessoria

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br