Soldado Fruet propõe projeto piloto de energia solar em escolas de Foz

Por Tribuna Popular Publicado em
Soldado Fruet propõe projeto piloto de energia solar em escolas de Foz

O deputado estadual Soldado Fruet (PROS) encaminhou nesta quarta-feira (22/09/2021) um requerimento ao secretário de Estado da Educação e do Esporte, Renato Feder, sugerindo a participação das escolas da rede pública estadual de ensino nos Projetos de Eficiência Energética (PEE) da Copel. A proposta do parlamentar é que as escolas estaduais instaladas em Foz do Iguaçu sejam utilizadas como piloto para implantação do projeto de instalação de painéis de energia solar, com recursos da companhia de energia, em virtude de estarem situadas numa das regiões com maior incidência de luz solar do Estado.

Segundo o Soldado Fruet, a justificativa para a proposição é a grave crise hídrica que assola o país, especialmente o Estado do Paraná. “É urgente a adoção de medidas, pelo Poder Público e por toda sociedade, visando uma maior conscientização acerca da necessidade de preservação do meio ambiente e utilização de outras energias renováveis, as quais também conseguem ser repostas naturalmente, sem necessidade de qualquer intervenção humana”, destacou. 

O deputado do PROS ressaltou que os editais do PEE dispõem de uma linha de subvenção para instalação e gestão de energia solar, inclusive, por meio de incentivos específicos aos órgãos do Poder Público, formalizados via termo de cooperação técnica. “Diante desse cenário, seria importante que a Secretaria de Estado da Educação e dos Esportes participasse dos PEE, para que, com os incentivos disponibilizados pela Copel, instalasse painéis de energia solar nas escolas da rede pública estadual”, indicou. 

Na avaliação do Soldado Fruet, a inscrição das escolas estaduais resultaria na melhor destinação possível ao montante disponibilizado pela Copel, já que “a colocação dos painéis fotovoltaicos será benéfica tanto para a presente quanto para as futuras gerações, garantindo menores despesas às instituições de ensino”. Além disso, o deputado enfatizou que, caso o setor público adote essa ferramenta, certamente ensejará a promoção do uso eficiente da energia nos estabelecimentos privados do ramo educacional. "Um dos melhores palcos de debate e inovação, sem dúvidas, é o escolar, pois atinge os jovens, seus pais e responsáveis, fazendo com que as ideias se dissipem de maneira mais rápida e efetiva perante a comunidade", argumentou.

Fonte e Foto: Assessoria / Dálie Felberg

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br