Vereador Galhardo quer uma trincheira no CTG Charrua

Por Tribuna Popular Publicado em
Vereador Galhardo quer uma trincheira no CTG Charrua

Vereador em ação

Para resolver o problema, o vereador Galhardo entrou com uma indicação pedindo para que seja feita uma trincheira

Enrique Alliana - Jornalista

Para complicar ainda mais a vida dos motoristas iguaçuenses, o DER fechou o trevo do CTG Charrua, impedindo o trânsito de veículos entre a região Norte e a região central da cidade, na Avenida Anita Garibaldi.

Para resolver o problema, o vereador Galhardo entrou com uma indicação pedindo para que seja feita uma trincheira ou um viaduto na Avenida Garibaldi para o trânsito fluir e evitar acidentes. Ou seja, a cidade precisa correr atrás do prejuízo deixado pelo DER.

As placas de concreto instaladas pelo DER para interromper o trânsito, foram rompidas e os motociclistas trafegam na contramão. A PRF foi obrigada a deslocar patrulheiros para disciplinar o trânsito, multando muitas pessoas.

"A situação ali está insustentável. Recebo reclamações todos os dias e decidi acionar as autoridades para tomar uma solução", explica Galhardo.

Protocolado pedido de audiência pública junto a Câmara de Vereadores

Vereador Galhardo solicitou a casa de leis a realização de Audiência Pública com a presença de autoridades, representantes da sociedade civil organizada, do Poder Executivo Municipal e de demais interessados, com a finalidade de buscar soluções na Rotatória do CTG Charrua.

Na sua justificativa Foz do Iguaçu apresenta problemas recorrentes em relação a transposição dos moradores da região norte para o centro da cidade. É de conhecimento que atualmente temos apenas duas passagens (até a entrega do viaduto da BR-277 com Avenida Costa e Silva eram três passagens, incluindo o acesso pela rotatória do CTG Charrua). Atualmente os moradores buscam alternativas diversas de locomoção, pois o motorista que utilizava a rotatória para atravessar de um lado a outro da BR-277 está sendo obrigado a percorrer longa distância sendo que antes o deslocamento era de poucos metros.

O fechamento da rotatória em 08/12/2019 gerou enorme transtorno e insegurança ao comércio da região. Tem-se no município um exemplo fatídico do que causou separação semelhante no Jardim Jupira, onde a dificuldade de acesso ao bairro causou fechamento dos comércios, desemprego, desvalorização dos imóveis, estagnação.

Objetivando discutir a problemática ouvindo os diversos setores da sociedade e autoridades competentes na busca por soluções, é que requeremos Audiência Pública.

Fonte: Jornal Tribuna Popular

Galeria de imagens:

Atenção!

A reprodução das fotos do portal de notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida pela lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br